PREOCUPAÇÃO: Aumenta número de PMs e bombeiros infectados pela Covid-19

Fonte G1
Foto: PMSC

O número de casos confirmados de coronavírus em policiais e bombeiros militares de Santa Catarina aumentou mais de 100% em duas semanas, divulgou a Associação de Praças do Estado (Aprasc) na sexta (11).

Até quarta (8), havia 117 PMs confirmados com o vírus. No caso dos bombeiros, eram 54 confirmados até terça (7), sendo 38 em militares, 14 em bombeiros comunitários e dois em estagiários. 

Segundo os números divulgados pela Aprasc, na quarta havia também 114 casos suspeitos de coronavírus entre policiais militares e 73 estavam recuperados.

Na comparação com o boletim de 22 de junho, eram 47 casos confirmados na PM, 47 suspeitos e 28 recuperados. Esses números abrangem praças e oficiais. Há casos em todas as regiões catarinenses, tanto na parte operacional como na diretoria.

Em relação aos bombeiros, na terça havia 33 suspeitos, um deles um bombeiro comunitário; e 25 recuperados, sendo quatro bombeiros comunitários, dois estagiários e o restante, militares. Em comparação com relatório de 23 de junho, eram 20 casos confirmados, incluindo dois estagiários; três suspeitos, sendo um estagiário; e nove recuperados.

De acordo com a Aprasc, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar do estado informaram à associação que todos os casos suspeitos e confirmados foram afastados do trabalho. O G1 aguardava manifestações da PM e dos Bombeiros até a publicação desta notícia.

A Aprasc afirmou que o presidente da associação esteve nesta semana em batalhões para verificar a condição de trabalho dos militares durante a pandemia. No interior do estado, esse acompanhamento é feito por diretores regionais.

O boletim mais recente do governo do estado, divulgado na noite de sexta, apontou que Santa Catarina tem 40.106 mil casos confirmados de coronavírus, com 459 mortes. 


Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com