Médico bolsonarista pede socorro ao ser detido por aglomeração e imagem viraliza

Homem fazia parte de grupo detido por 'infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa

Fonte; Por Metrópoles
Médico bolsonarista pede socorro ao ser detido por aglomeração(Foto: Reprodução)

Dezessete manifestantes foram detidos durante ato em apoio ao presidente Jair Bolsonaro em Fortaleza, no Ceará, no sábado (1º). Um dos manifestantes detidos, o cirurgião plástico Eduardo Furlani reagiu aos gritos de socorro, enquanto outra pessoa o defensia: "É um cidadão, pagador de impostos".

A cena, flagrada em vídeo, viralizou nas redes. Assista: https://twitter.com/i/status/1388614112247263236 

Os bolsonaristas foram levados para os 30º e 2º Distritos Policiais (DPs) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) por infringirem decreto estadual que proíbe aglomerações em razão da pandemia do novo coronavírus.



Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com