img_logo.png.pagespeed.ce.ZNkQOZr0Np[1].png
facebook_branco1.png
youtube-branco3.png
whats-branco1.png

Registros de abusos e importunação sexual preocupam a Polícia Civil

16 Maio 2019 23:45:00

Kelly Figueiró /Rede Peperi
Delegado da comarca de São José do Cedro, Sandro Zancanaro

O delegado da comarca de São José do Cedro, Sandro Zancanaro, revela que são vários inquéritos instaurados que investigam crimes como abuso e exploração sexual de menores, além de situações de importunação que se caracterizam por beijos forçados e "passadas de mão". Outra preocupação é com a exposição de vídeos ou fotos íntimas em redes sociais sem o consentimento da vítima. Em 2018 foram dez registros de abuso sexual contra menores nas cidades de São José do Cedro, Guarujá do Sul e Princesa.

Ele destaca que no sábado, 18, é lembrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil e por isso os órgão de proteção se envolvem cada vez mais em campanhas, palestras e orientações às vítimas e à comunidade sobre as denúncias e identificação do crime. O delegado afirma que apesar de a maioria das vítimas serem meninas, há inúmeros casos envolvendo meninos também. Além disso, o percentual maior e mais preocupante é que os autores costumam ser familiares ou pessoas próximas, como vizinhos.

Zancanaro sugere que o tema seja abordado com cuidado na tentativa de identificar o crime, mas evitando influenciar as respostas. Ele comenta que há profissionais na rede de proteção, como psicólogas e assistentes sociais, que estão preparados para tratar o tema e encaminhar as vítimas para acompanhamento.

Data Nacional

A escolha desta data é em memória do "Caso Araceli", um crime que chocou o país na época. Araceli Crespo era uma menina de apenas 8 anos de idade, que foi abusada e violentamente assassinada em 18 de maio de 1973. O crime, apesar de hediondo, ainda segue impune.

O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes foi instituído oficialmente no país através da lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000.

No Brasil, o Disque 100 é um serviço gratuito disponibilizado pela Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República que registra denúncias anônimas de jovens que se sintam ameaçados ou que sofreram qualquer tipo de abuso ou exploração sexual.

mais sobre:

policia


img_logo.png.pagespeed.ce.ZNkQOZr0Np[1].png
Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com

facebook_branco1.png
youtube-branco3.png