oestepopular
 

Para fins terapêuticos', diz mulher presa com cocaína em Chapecó

Dois homens também foram presos. Trio era responsável pelo comércio da droga na área leste do município

WILLIAN RICARDO, CHAPECÓ
Buchas de cocaína foram apreendidas pela DIC ? DIC/Divulgação/ND

Três pessoas foram presas pela DIC (Divisão de Investigação Criminal) na última quarta-feira (4), em Chapecó, no Oeste do Estado. O trio é suspeito de tráfico de cocaína no bairro Presidente Médici. A única mulher presa na ação disse à polícia que era professora de educação religiosa e que consumia a droga para 'fins terapêuticos'. Os presos têm entre 25 e 40 anos.


As prisões ocorreram depois que a Polícia Civil obteve informações sobre uma dupla apontada como responsável pelo tráfico de cocaína na região Leste do município. De acordo com o delegado Rodrigo Moura, na tarde de quarta-feira, os policiais monitoraram a casa de um dos investigados e observaram a intensa movimentação de usuários que compravam a droga no local.

Mais tarde, os investigadores acompanharam a movimentação da dupla num bar localizado no mesmo bairro. Segundo o delegado, eles vendiam cocaína para clientes que assistam uma partida de futebol. Os investigados foram abordados e com eles os policiais encontraram buchas da droga.

No bar também estava a companheira de um dos homens. Ainda conforme Moura, a mulher era responsável por esconder a droga. Com ela, os policiais encontraram uma bucha de cocaína. Ao ser questionada, ela disse ser professora de educação religiosa e que consumia o entorpecente para 'fins terapêuticos'.

Os dois homens presos já possuíam histórico de envolvimento em crimes graves, inclusive, tráfico de drogas. Além deles, três usuários encontrados com entorpecentes foram levados à delegacia de polícia e respondem a um termo circunstanciado.


Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com