oestepopular
 

Menina de cinco anos com paralisia cerebral morre após estupro no RS

Fonte: Uol
Foto: PC

Uma menina de cinco anos, que tinha paralisia cerebral, morreu após sofrer um estupro em Santa Maria, na região central do Rio Grande do Sul.

Ela chegou a ser levada pela mãe para o Hospital Universitário, na madrugada de sábado (7), mas não resistiu aos ferimentos e acabou falecendo.

Segundo a Polícia Civil, um suspeito de 18 anos confessou o crime e foi preso.

Ele teve a prisão preventiva decretada por estupro de vulnerável e foi levado para a Penitenciária Estadual de Santa Maria.

O homem também morava na casa e era filho do padrasto da menina.

Conforme o delegado regional Sandro Meinerz, a casa tem três cômodos e mais um banheiro, mas ninguém percebeu o crime.

O delegado afirmou ainda que a suspeita é que osuspeito teria se aproveitado que todos que estavam na casa dormiam para cometer o estupro.

Ainda de acordo com a polícia ele não tinha antecedentes criminais.

Em nota, a Polícia Civil informou que a causa da morte só será oficialmente esclarecida após os laudos periciais.

As investigações agora seguem com a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).



Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com