oestepopular
 

Governador Carlos Moisés some no momento mais grave da pandemia

Fonte: Portal Diário Do Iguaçu
Foto: Foto Secom

No momento em que a pandemia da covid-19 avança em Santa Catarina, com o número de casos confirmados e de mortes aumentando diariamente, sem falar na lotação dos leitos de UTI, especialmente nos municípios no litoral do Estado, o governador Carlos Moisés definha no comando da administração estadual. Totalmente apático e passivo, Moisés lavou as mãos e transferiu toda a responsabilidade para os prefeitos. Virou cada um por si. Agora que deveria estender ajuda e auxiliar os municípios, o governador sumiu. Santa Catarina está sem governo.

A situação tende a piorar com o avanço do novo coronavírus em Santa Catarina. O governo do Estado teve meses para se preparar para esse momento mais agudo. Porém, começam a faltar leitos de UTI, inclusive, medicamentos e insumos. A Secretaria de Estado da Saúde compra 500 respiradores da WEG, distribui para os hospitais, e pensa que resolveu o problema. Para ativar leito de UTI, é preciso mais uma série de fatores, inclusive, material humano - profissionais da área da saúde, que é dever do Estado em municípios cujos hospitais não têm a gestão plena.

O maior exemplo de descaso e falta de gestão do governo do Estado acontece com o Hospital Regional São Paulo, em Xanxerê. A administração estadual mandou 10 respiradores, os leitos de UTI foram habilitados pelo Ministério da Saúde, porém, ainda não estão funcionando, pois são necessários 50 profissionais e o hospital não consegue contratar. Sabe o que o governo do Estado fez em relação a isso? Nada! Transferiu a responsabilidade que é sua para o município e à direção do hospital. E isso acontece em diversos municípios Santa Catarina afora. Vergonha!

E isso que nem vou entrar na questão da compra dos 200 respiradores, com o pagamento de forma antecipada de R$ 33 milhões, pois as investigações ainda estão em curso. Mas é preciso registrar também que durante toda a crise da covid-19, inclusive agora com a falta de leito de UTI, nota-se uma vez mais a ausência total da vice-governadora Daniela Reinehr. Se temos um governador que lavou as mãos, nossa vice-governadora segue completamente apagada e sem qualquer atitude. Entre falta de gestão e incapacidade, temos um cenário desolador em frente.



Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com