Magistrada conversa sobre violência com alunos do Extremo-Oeste

Elizandra Gomes
 Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó
Foto: Foto: Comarca de Dionísio Cerqueira
A conversa foi sobre violência contra crianças, adolescentes, mulher, idoso e deficientes.

 ?Em tempos em que a violência nas escolas entristece os noticiários nacionais e internacionais, a direção da Escola Estadual Básica Irineu Bornhausen, de Dionísio Cerqueira, no Extremo-Oeste, teve a iniciativa de trabalhar preventivamente. A convite da unidade educacional, a juíza de direito Carolina Cantarutti Denardin e a assistente social Geani Ester Rippel, ambas da comarca de Dionísio Cerqueira, palestraram aos alunos do Ensino Fundamental sobre violência.

        De acordo com a diretora Sirlei Thomas Stahl, a escola atende aproximadamente 200 alunos de 6º ao 9º anos, com idades entres 11 e 15 anos. A conversa abordou formas de violência praticadas contra crianças, adolescentes, mulher, idoso e deficientes. Também foram prestadas informações sobre a importância da realização da denúncia aos órgãos e autoridades competentes. A palestra fez parte do projeto da escola chamado "Formando Jovens Leitores: Desenvolvendo o Mundo do Trabalho", fomentado por uma empresa e uma faculdade locais.

         A magistrada e a direção da escola avaliaram o momento como de suma importância para a conscientização e esclarecimentos dos adolescentes presentes que "são protagonistas da paz social que tanto almejamos".

Imagens

  •  Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó
  •  Núcleo de Comunicação Institucional/Comarca de Chapecó

mais sobre:

educação


Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com