oestepopular
 

Encontro Estadual De Noz Peca Supera Expectativas

Ascom Caibi / jopsc

O município de Caibi sediou no dia 13 de agosto, o I Encontro Estadual de Noz Pecã, buscando estimular o cultivo como uma alternativa de renda para os agricultores. O seminário foi uma promoção da Epagri, da Secretaria Municipal da Agricultura, Embrapa e da empresa Viveiros Pitol, com apoio do Governo do Estado, Prefeitura de Caibi e do Inta (Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária) da Argentina. O seminário reuniu mais de 200 produtores dos 3 estados do Sul e também do Mercosul, que puderam esclarecer dúvidas sobre temas como manejo, poda, sanidade e colheita mecanizada. Foram registradas participações de 39 municípios de Santa Catarina, 10 municípios do Rio Grande do Sul, 2 municípios do Paraná, além de 4 pessoas que vieram da Argentina.

A abertura contou com a participação do diretor de extensão rural da Epagri, Humberto Bicca Neto; do coordenador estadual do programa de fruticultura da Epagri, Sergio Neres da Veiga; gerentes regionais da Epagri de Palmitos e São Miguel do Oeste; do prefeito Elói José Líbano; e outras lideranças e autoridades.

O engenheiro agrônomo da Epagri de Caibi, Álvaro Poletto, que auxiliou na coordenação do evento, destaca que a nogueira-pecã é uma opção rentável para os produtores rurais porque tem baixo custo de implantação do pomar, é resistente a pragas e doenças, tem boa produtividade e exige pouca mão de obra. Pode ser plantada, por exemplo, nas pastagens, para fornecer sombra para os animais e ao mesmo tempo garantir uma renda extra para a família. "Essa planta se adapta bem ao uso com outras culturas e também na integração com a pecuária, além de poder ser implantada em áreas de reserva legal, intercalada com árvores nativas", detalha Poletto. O mercado é promissor e está em expansão. Por conta disso, o interesse dos agricultores da região tem sido cada vez maior, sendo que alguns já produzem a cultura comercialmente e outros estão iniciando a atividade. Ele destaca que os produtores podem procurar os técnicos da Epagri ou da Secretaria de Agricultura, para buscar incentivos para o plantio e tirar as dúvidas. "É uma cultura que pode ser realizada por pequenos e médios produtores, bem como empresários urbanos, podendo trazer renda a qualquer uma destas categorias, independentemente da área a ser plantada", destaca.

Dentre as palestras, o evento contou com explanações do Agrônomo Julio Medeiros, da Pitol Assessoria Rural de Anta Gorda/RS, com o tema "Planejamento e Implantação de Pomares". Na sequência, vindo de Buenos Aires (Argentina), o agrônomo Enrique Frusso, profundo conhecedor e um dos mais respeitados estudiosos do assunto, abordou o tema "Manejo e fertilidade: Mercado e Comercialização". A terceira palestra foi coordenada por Carlos Martins, da Embrapa Clima Temperado de Pelotas/RS. Houve ainda explanações sobre o Instituto Brasileiro de Pecanicultura, com o presidente da entidade, Carlos Eduardo Scheibe, de Porto Alegre/RS. Todas as palestras foram de altíssimo nível, esclarecendo dúvidas sobre o cultivo e produção.

No período da tarde, foram realizadas atividades práticas, em Linha Santa Lúcia Palmitos, na propriedade de Antônio Fiorese, maior produtor da região e que tem plantio há quase duas décadas. Durante as práticas, também houve demonstração de máquinas e equipamentos.

O prefeito de Caibi, Elói José Líbano, destacou a importância do município sediar um evento de alto nível, difundindo conhecimento aos produtores. "Ficamos felizes em receber técnicos e produtores de todo o estado e da região Sul do Brasil, destacando todo o trabalho que a Epagri realiza, juntamente com a Secretaria de Agricultura do município, orientando agricultores interessados no cultivo de Nogueira Pecã, apresentando novos conhecimentos sobre a cultura e discutindo as perspectivas para o município e todo o estado", comentou o prefeito.

A noz-pecã é uma boa opção de diversificação econômica nas propriedades rurais e a expectativa para os próximos anos é de aumento na área plantada e na produção da região. O evento contou com patrocínio da Sicredi e Valtra Donini.

Imagens


Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com