oestepopular
 
Educação

Municípios da Ameosc dificilmente terão retorno das aulas presenciais em 2020

Decisão foi tomada nesta segunda-feira (5), deforma conjunta entre municípios

Fonte: Ascom / Ameosc

Os prefeitos e secretários de Educação dos 19 municípios que compõe a Associação dos Municípios do Extremo-Oeste de Santa Catarina(Ameosc) se reuniram na segunda-feira (5) em mais uma assembleia por videoconferência.

Durante a reunião, os prefeitos atualizaram os dados da matriz de risco para Covid-19 na região.

O mapa de risco foi publicado pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes) no dia 28 de setembro, bem como os novos critérios que compõem a atualização.

Levando em consideração os novos critérios, a região do Extremo-Oeste passou da faixa amarela ou parâmetro alto para faixa laranja ou parâmetro grave no dia 28 de setembro.

Após as manifestações de prefeitos e secretários de educação, o presidente da Ameosc, Plínio de Castro, colocou para deliberação a proposta de retorno das aulas e reforço presencial nos municípios.

Levando em consideração a nova classificação de risco da região para o Coronavírus, os presentes definiram por unanimidade pelo provável não retorno das aulas presenciais no ano de 2020, mesmo que a região retorne no mapa de risco alto ou amarelo.

Nas aulas de reforço será seguido critério do Estado, auxiliando os municípios no transporte escolar e, na sequência, proporcionar gradativamente aulas de reforço, conforme portaria do Estado.

Com relação aos eventos sociais e som ao vivo em função da região estar no parâmetro grave, deliberou-se, conforme preconiza a portaria do Estado, que nesta situação não é permitido a realização de eventos sociais e som ao vivo em clubes, bares e restaurantes.



Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com