oestepopular
 
Polícia

Homem fica em estado grave após ser esfaqueado em Chapecó

O suspeito, que alegou legítima defesa, é um adolescente

ClicRDC
Foto: Reprodução/PM
Um homem, cuja identidade não foi identificada, foi vítima de uma tentativa de homicídio por volta das 22h53 de quarta-feira (17), na rua Piauí, bairro Santo Antônio em Chapecó. O suspeito, de acordo com a Polícia Militar (PM), é um adolescente, de 16 anos, que alegou legítima defesa.
De acordo com a PM, a guarnição foi acionada para atender ocorrência de tentativa de homicídio. Ao chegar no local, os policiais localizaram um homem caído em via pública, desacordado e com vários ferimentos de arma branca nos braços, cabeça e abdômen.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, prestou os primeiros socorros e conduziu o homem - cuja idade aparenta ser entre 18 e 25 anos - em estado grave até o Hospital Regional do Oeste (HRO).
Com a vítima, os policiais encontraram um simulacro de pistola, que foi apreendido. O suspeito fugiu do local, mas deixou um celular para trás. Segundo a PM, uma testemunha relatou ter visto os dois enquanto conversavam em uma calçada. Minutos depois, disse a testemunha, os homens entraram em luta corporal.
Após buscas, os policiais identificaram o suspeito e foram até a residência. O adolescente possui passagens policiais e confessou ser autor das facadas. Ele relatou à PM que esperava a namorada quando um homem se aproximou, iniciou um diálogo, sacou uma arma e anunciou um possível roubo.
Ele alega para os policiais, ainda, que esfaqueou o homem para se defender e que carregava uma pequena faca porque ele e a família receberam ameaças recentemente.
O suspeito foi apreendido e conduzido à Delegacia de Polícia Civil para esclarecimentos. O Instituto Geral de Perícias (IGP) e Conselho Tutelar foram acionados. De acordo com a Polícia Civil, o adolescente foi apreendido em flagrante e permanece na Central de Plantão Policial até se apresentar ao Ministério Público, o que deve acontecer na quinta-feira (18).
Ainda segundo os policiais civis, ficou claro que o homem quis matar a vítima a facadas. Na Delegacia, ele mudou a versão que disse a PM de que se defendia de um assalto, e disse que esfaqueou a vítima porque ele teria o obrigado a praticar um roubo com ele, segundo a Polícia Civil. O homem segue em estado grave no HRO e não pôde ser ouvido até o momento.
Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com