oestepopular
 
Política

Conheça os cinco desembargadores sorteados para compor o tribunal misto do impeachment

Fonte: Marcos Schettini/Lê Notícias

O presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, desembargador Ricardo Roesler, presidiu a sessão de sorteio, às 15h desta quarta-feira (23), para a escolha dos cinco desembargadores que agora compõem o tribunal misto que irá julgar o impeachment do governador Carlos Moisés da Silva e da vice-governadora Daniela Reinehr.

Roesler também anunciou que todas as sessões de julgamento serão realizadas no plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. A primeira reunião será na sexta-feira (25), às 10h. O desembargador Sidney Dallabrida foi o quinto sorteado, mas declarou suspeição e não irá compor o tribunal misto.

Conheça os cinco desembargadores sorteados:




Desembargadora Cláudia Lambert de Faria, natural de Florianópolis, ingressou na magistratura catarinense em 15 de abril de 1991, com lotação nas comarcas de Lages, São Miguel do Oeste e Chapecó. Em 13 de maio de 1993 foi promovida ao cargo de juiz de Direito, e atuou nas comarcas de Quilombo, São Lourenço do Oeste, Campos Novos, Lages, Blumenau e Capital. No ano de 2011 passou a exercer a função de juiz de 2º grau no TJSC.




Desembargador Rubens Schulz, natural de Joinville, ingressou na magistratura catarinense em 1º de abril de 1992, com lotação na comarca da Capital. Em 16 de maio de 1994 foi promovido ao cargo de juiz de Direito, e atuou nas comarcas de São José do Cedro, Xanxerê e Blumenau. No ano de 2013 passou a exercer a função de juiz de 2º grau no TJSC.




Desembargador Sergio Rizelo é graduado em Direito pela Universidade de Passo Fundo (RS), em 1982, possui pós-graduação em Direitos Difusos e Coletivos pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em 2008. Advogou por três anos após formado, até ingressar por concurso público no Ministério Público, onde tomou posse como promotor em 1985. Em sua carreira passou pelas comarcas de Concórdia, Ponte Serrada, Palmitos, Videira, Chapecó e Capital. Foi promovido ao cargo de procurador em 1997. Em 2013 tomou posse como desembargador.




Desembargador Carlos Alberto Civinski nasceu em Brusque, em 1960. Ele atuou como oficial de Justiça no Fórum de Gaspar na década de 1980. O desembargador começou na magistratura catarinense em 1988, como juiz substituto lotado na Comarca de Xanxerê. Foi promovido a juiz de Direito da Comarca de São Domingos em 1990. Ele trabalhou, ainda, nas comarcas de Santa Cecília, Campos Novos, Curitibanos, Blumenau e Brusque. Em novembro de 2008 foi nomeado juiz de segundo grau e em 2012 passou a desembargador.




Desembargador Luiz Felipe Schuch é natural de Porto Alegre (RS) e iniciou carreira na magistratura catarinense como juiz substituto em 1993, atuando nas comarcas da Capital, Imaruí, Caçador, Curitibanos, Blumenau, Lages e Balneário Camboriú. Com longa formação acadêmica, o magistrado é mestre e doutorando em Ciências Jurídicas e também doutorando em Meio Ambiente e Sustentabilidade. Foi promovido por merecimento para o cargo de desembargador em agosto de 2019.

Imagens

Endereço: Avenida Brasil, nº 148, Centro - Palmitos/SC | CEP 89887-000
Telefone: (49) 9 9102-4755
Whatsapp: (49) 9 9933-0022
E-mail: jornaloestepopular@gmail.com